22 de mai de 2008

Arma apreendida e comunidade com medo

Um ex-presidiário algemado dentro de uma viatura. Do lado de fora policias com armas em punho e moradores curiosos. Crianças interrompiam a brincadeira para acompanhar de perto o que ocorria na altura do número 700 da Rua Pedro Kraus Sênior. A manhã, do feriado de Corpus Christi, já chegava ao final. Por volta das 11h00, policiais contam que receberam o comunicado que um suspeito estaria em um carro e com cerca de 30 pedras de crack. Ao avistar o ex-presidiário, Fabrício Ponciano, em um Omega escuro, eles param o veículo. O jovem de 27 anos coloca a mão na cabeça e sai lentamente. Enquanto ele era revistado, um revólver calibre 38 carregado com munições no tambor é encontrado dentro do carro. Já as tais pedras de crack não são localizadas. Algemado, Fabrício conta que obteve a arma após pagar R$500,00 para uma prostituta em Itajaí. O motivo seria a defesa própria.
A mãe do rapaz de 27 anos, dona Teresinha da Silva, avista o carro da reportagem e pede a uma menina que suba rapidamente as escadas e busque um boletim de ocorrência. Quando retorna a menina entrega várias fotos onde o vidro traseiro do Omega estava estilhaçado. Dona Teresinha desabafa e diz que o filho foi vítima de uma tentativa de homicídio. Com lágrimas no rosto ela concede uma entrevista e revela estar com medo de que algo pior aconteça.
Vizinhos mostram no muro e no portão de alumínio as marcas de dois disparos feitos no meio da rua. Os policiais militares questionam alguns moradores para saber o autor dos tiros, todos se calam. Alguns moradores pedem justiça. Dona Clementina diz não agüentar mais tamanha insegurança e clama para que algo seja feito.
No banco traseiro da viatura Fabrício mantém o silêncio e não revela a identidade do possível autor dos disparos.

Campanha política?

Faz pouco tempo passei em frente à prefeitura de Blumenau e vi uma equipe de filmagem perto da entrada do estacionamento. Não lembro direito quantas pessoas havia, mas acredito que seria uma equipe de produção. Rebatedores de luz, câmeras, produtores. De volta para casa, após o trabalho no feriado de Corpus Christi, vi a equipe de volta com as filmagens. Desta vez estavam em frente ao reinaugurado ginásio de esportes do Galegão. Será que já se trata da campanha política para as eleições 2008?