5 de jun de 2008

E o vice de JPK?

A crítica do presidente da Acib em relação à indicação do nome de Paulo França, para a chapa de vice com JPK, repercutiu na coligação com os democratas. Alguns apoiadores do ex-secretario regional acham que a posição de Ricardo Stodieck foi motivada por um grupo contrário ao nome do ex-candidato à vice do PT nas eleições de 2004. O abalo chegou aos ouvidos também do governador LHS que não aprovou a atitude do empresário. Integrantes do PMDB garantiram que durante uma reunião em Florianópolis, o governador teria perguntado se alguém teria alguma objeção em relação ao nome de Paulo. Permaneceu o silêncio. O empresário Alcântaro Correia, da Fiesc também teria ligado para LHS dando apoio ao nome de Paulo França.
Alguns Democratas ainda preferem outra opção. Um dos nomes que surge agora é o de Neusa Pasta Felizetti. A peemedebista se afastou da Secretaria de Regularização Fundiária do Município, desde o dia 01 de Junho. O motivo divulgado seria licença médica.
Neusa é servidora pública, mulher e conhece muito bem uma das áreas em que o prefeito JPK é criticado, nas periferias de Blumenau.